Vamos aproveitar a onda do documentário “Quebrando o tabu” e acabar logo com o preconceito contra a proteína de soja. Sei que essa foto só piora a situação, mas pode ser uma chance de você também quebrar o preconceito contra comidas e fotografias horrorosas.

Não tem por onde piorar: não tinha salsinha e faltava uma cor verde na foto. Esse manjericão é só de enfeite, não combina em nada com essa receita…

STROGONOFF DE SOJA

1/3 pacote de proteína de soja (grande)

1 caixinha de creme de leite

1 pote de molho de tomate

1/2 vidro de palmito OU um pouco de champignon

2 tomates picados

1 cebola picada

2 dentes de alho picado

1 limão

shoyo, molho inglês, sal, salsinha

COMO FAZER

Em uma vasilha hidrate a proteína de soja: 1/2 leiteira de água quente, 2 xícaras de shoyo, 3 colheres de sopa de molho inglês e suco de 1 limão. Deixe de molho por uns 20 minutos.

Em uma panela: refogue o alho e a cebola.

Adicione os tomates e espere derreter.

Retire a proteína de soja espremendo com a mão para retirar um pouco do líquido e adicione à panela.

Pique o palmito ou champignon e misture à soja.

Adicione o molho de tomate e espere ferver. Se estiver muito espesso, coloque um pouquinho de água. Experimente.

Ponha um pouco de molho inglês e mais um pouco de shoyo. Experimente e coloque sal se precisar.

Misture o creme de leite e a salsinha e desligue.

Lave a louça amanhã.

Como com arroz e batata palha. Misture bem, quanto mais gororoba ficar, mais gostoso.

LEVOU: 40 minutos

CUSTOU: R$15 reais

Anúncios